As previsões são da Berg Insight que antecipa uma taxa anual composta de crescimento de 21,1% no período entre 2012 e 2017 para este tipo de equipamentos, onde se incluem os leitores de ebooks ou os GPS.

O potencial de crescimento deste segmento é grande, diz a consultora, apesar da feroz concorrência de dispositivos “multitarefa” como os tablets ou os smartphones. A conectividade sem fios será uma aposta a manter para enfrentar tal concorrência.

Câmaras digitais, dispositivos de treino ou tecnologia wearable estão entre as categorias de produtos emergentes, mas os relógios inteligentes serão os dispositivos M2M de consumo mais vendidos em 2017, representando 23% dos produtos expedidos, seguidos dos dispositivos de treino, com 17%.

A Berg estima que já existam no mundo mais de 15 milhões de equipamentos M2M de consumo em utilização. O eReader Kindle 3G, da Amazon, é o mais vendido.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.