A NVidia pode estar a construir um novo modelo do Shield Tablet, o seu tablet vocacionado para o gaming e conteúdos multimédia via streaming, suportado pelo serviço GeForce Now. Segundo avança o XDA Developers, citado pelo The Verge, foi encontrado código que sugere a capacidade do próximo modelo alternar entre três formatos de UI (User Interface), incluindo desktop, tablet e um terceiro modo chamado “dynamic”. Segundo é mencionado, há uma opção de ativação do modo desktop no caso de ser detetado um teclado ligado ao dispositivo.

Os especialistas afirmam que a NVidia está a trabalhar num novo sistema operativo referido com o nome-código de Mystique, capaz de trabalhar em modo portátil com o teclado, semelhante ao Pixel Slate da Google. Dede 2015 que a fabricante de placas gráficas não lança nenhum produto da gama Shield, e terá mesmo cancelado a versão melhorada da Shield Portable.

Segundo denota o The Verge, o novo tablet poderá ter 13,5 polegadas, o que seria demasiado grande para um dispositivo convencional deste segmento, mas que faria sentido ao trabalhar como 2-em-1. De salientar que o Shield Tablet original utiliza o processador Tegra X1, um chip mobile que é utilizado na Nintendo Switch, por exemplo, mas que o novo dispositivo tinha previsto inicialmente utilizar uma segunda geração desse hardware. Agora fala-se do Tegra Xavier, um processador concebido para veículos autónomos e inteligência artificial, especulando-se que possa ser adaptado a tablets de baixo consumo.

A NVidia mantém a posição de que dá nomes de código a produtos conceptuais, não significando que estes cheguem ao mercado. A empresa defende que voltaria apenas ao mercado mobile se considerasse que tinha um produto disruptivo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.