A Samsung anunciou o lançamento de um novo processador concebido especificamente para wearables. O Exynos W920 vai suportar a nova plataforma de software para este segmento que a Samsung desenvolveu em conjunto com a Google, a juntar Tizen e Wear OS, destaca a fabricante. 

A empresa também admite que a estreia do chip está reservada para o seu próximo Galaxy Watch, que pode ser uma das estrelas do evento que a Samsung tem agendado para esta quarta-feira. 

O Exynos W920 integra um módulo LTE, dois núcleos de processamento num processador central Cortex-A55 e um GPU Mali-G68. Para ajudar os dispositivos com ecrãs sempre ligados a poupar energia integra ainda um processador de baixo consumo dedicado ao ecrã, que dispensa o processador principal de assegurar essa função always-on.   

Unpacked: Samsung vai mostrar os dobráveis Galaxy Z Fold 3 e o Z Flip 3 a 11 de agosto
Unpacked: Samsung vai mostrar os dobráveis Galaxy Z Fold 3 e o Z Flip 3 a 11 de agosto
Ver artigo

O novo chip, garante a Samsung, é o primeiro da indústria desenvolvido com tecnologia de cinco nanómetros EUV (extreme ultra-violet) e é neste momento a solução mais pequena do mercado para o segmento de wearables e também uma das mais competitivas em termos de desempenho. Face ao antecessor da marca para o mesmo segmento, o Exynos W920 consegue uma melhoria de 20% na performance do CPU e melhora em 10 vezes a qualidade do processamento gráfico. 

A Samsung tem agendado para esta quarta-feira um evento Unpacked, onde se espera o anúncio de uma nova gama de smartphones dobráveis: Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3. Acredita-se também, pelos rumores das últimas semanas, que a empresa vai apresentar o Galaxy Watch 4, que já foi parar “acidentalmente” ao catálogo da Amazon.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.