A Samsung precisou de 27 dias para vender dez milhões de unidades do Galaxy S4, o telemóvel que se tornou no dispositivo com o início mais bem-sucedido da história da tecnológica sul-coreana. O novo topo de gama Android conseguiu ter um início de vendas quase duas vezes melhor que o modelo antecessor.

O Galaxy S III demorou 50 dias para atingir a marca de dez milhões de equipamentos vendidos. As versões anteriores demoraram muito mais tempo, com o Galaxy S II a precisar de cinco meses e o Galaxy original de sete meses para conseguirem atingir a marca de dez milhões de equipamentos comercializados.

O Galaxy S4 vendeu nas primeiras semanas, em média, quatro telemóveis por segundo. Os 110 países onde o smartphone está disponível atualmente ajudam a justificar parte do sucesso comercial. A Samsung tem planos para nos próximos meses alargar as vendas do topo de gama até mais 45 países em cooperação com 327 parceiros, revela a empresa em comunicado.

A tecnológica sul-coreana revelou ainda que no verão vai lançar o Galaxy S4 em quatro novas cores: azul, vermelho, roxo e castanho.

[caption]Galaxy S4[/caption]

Para estimular o crescimento do Galaxy S4, telemóvel que o TeK já analisou, a Samsung está a oferecer mais de 600 mil euros para o desenvolvimento de apps específicas para o telemóvel.

É de destacar que a Samsung tem conseguido dar respostas ao elevado volume de vendas, não sendo ainda conhecidos casos em que a empresa asiática tenha tido problemas de fornecimento de componentes, como tem acontecido com outros dispositivos topo de gama como o Nexus 4 ou o HTC One.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.