Sabe-se que os smartphones da Apple são normalmente melhor valorizados que os seus rivais Android. No entanto, segundo um estudo da SellCell (especialista em comparação de preços  de smartphones nos Estados Unidos),  existem grandes discrepâncias entre o topo de gama da Samsung, fabricante que continua a vender mais equipamentos e a sua rival Apple. A empresa fez a comparação da desvalorização entre o iPhone 13, o Galaxy S22 e o Pixel 6 e descobriu que até o smartphone topo de gama da Google desvaloriza mais que o da Samsung.

O relatório utilizou dados internos sobre o valor dos smartphones e avaliou a desvalorização dos respetivos modelos desde o seu lançamento. Na comparação foram considerados o valor de revenda considerando os parâmetros “como novo” ou “boas condições”. A empresa depois recolheu dados sobre o primeiro e segundo mês após lançamento dos smartphones e comparou a sua desvalorização entre mais de 40 compradores independentes.

Veja na galeria os gráficos da comparação da desvalorização entre os smartphones:

A SellCell descobriu que o Galaxy S22 é o que perde mais valor, em média, 51,1% em smartphones rotulados como “Bom” e 46,8% nos classificados como “como novo”. Respetivamente, o Pixel desvaloriza 42,5% e 41,5%, enquanto que o iPhone 13 apenas perde 16,4% e 19,1% do seu valor.

O equipamento com a pior prestação é o Samsung Galaxy S22+ 5G de 128 GB que chega a desvalorizar 57,5% e 53,8% nos mesmos padrões, dois meses de chegar às lojas. Pelas contas, o smartphone perdeu 574,99 dólares de valor. Já o pior smartphone da Google é o Pixel 6 Pro de 256 GB que viu o seu valor cair 47,9% como “Bom” e 45,7% “como novo”, correspondendo a uma desvalorização de 479 dólares.

Já o smartphone mais valorizado da Apple é o iPhone 13 Pro Max de 128 GB, que desvalorizou apenas 5,7% como “Bom” e 3,8% “como novo”, perdendo no máximo 52 dólares dois meses depois do seu lançamento. A empresa descobriu mesmo que o iPhone 13, tal como acontecia com o iPhone 12 anteriormente, começa a recuperar de valor no fim do segundo mês. Ou seja, no primeiro mês, o iPhone 13 “como novo” desvalorizou 18,7% e no fim do segundo mês 16,4%; enquanto que em “boa” condição perdeu 21,3% no fim do primeiro mês e 19,1% no final do segundo mês.

O estudo indica que apesar da grande desvalorização do Galaxy S22 no primeiro mês (46,8%), o estudo indica que no segundo não existe muita mudança na desvalorização, o que permitirá à empresa recuperar algum valor nos meses seguintes.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.