Numa altura em que está já confirmado o adiamento da apresentação do novo topo de gama da Samsung, os supostos leaks e os rumores em torno do próximo telefone da Samsung intensificam-se.

De acordo com o The Guardian, que noticia esta terça-feira que o S8 será apresentado no próximo mês de março e lançado, depois, a 21 de abril, o equipamento vai ser disponibilizado em dois tamanhos com ecrãs edge-to-edge quase sem quaisquer molduras laterais, superiores ou inferiores.

A publicação britânica indica ainda que o telefone vai integrar um scanner de íris - tal como foi apresentado no malogrado Note 7 - o sensor de impressões digitais será realocado para a traseira do equipamento e, ao contrário do decidido pela concorrência, a entrada de 3,5mm para auriculares continuará presente.

Citando fontes próximas da empresa sul-coreana, o The Guardian afirma ainda que o S8 vai contar com uma câmara mais afinada do que a do seu antecessor, com melhorias na captação de imagens em contextos pouco iluminados e na velocidade do disparo. Uma novidade neste campo será, alegadamente, a introdução de um mecanismo de reconhecimento de objetos que replica as funcionalidades dos Google Goggles.

Mas enquanto no exterior do smartphone os rumores continuam a flutuar muito à tona do domínio da especulação, no interior é quase certo que o próximo telefone da linha Galaxy S deverá ser o primeiro a integrar um processador Qualcomm Snapdragon 835. O armazenamento interno vai rondar os 64GB e será expansível até aos 256GB via cartão microSD. Relativamente à bateria do equipamento, não foram revelados quaisquer detalhes, mas sabe-se que poderá ser carregada através da entrada USB-C.

No domínio do software, os rumores apontam para a integração de uma inteligência artificial, que será capaz de desempenhar pequenas tarefas a mando do utilizador e fazer surgir notificações e sugestões de acordo com o seu contexto de utilização.

Para além do interior e do exterior do equipamento, as novidades seguem ainda no domínio dos acessórios. De acordo com fontes não identificadas, a Samsung deverá lançar uma doca para desktop que torna o smartphone num computador Android com capacidade para ser ligado a um monitor externo e a um outro leque de periféricos (rato, teclado, sistema de som), colocando o S8 no mesmo campo das propostas da Microsoft que já permitem esta sincronização. Para além disso, a tecnológica sul-coreana deverá ainda aproveitar para introduzir uma versão atualizada dos Gear 360 e dos Gear VR.

As informações foram avançadas por fontes com ligações à Samsung e o The Guardian diz ter confirmado todos os detalhes com, pelo menos, duas fontes diferentes. Note-se, no entanto, que a empresa ainda não confirmou qualquer detalhe de forma oficial e que se tem recusado, recorrentemente, a comentar qualquer especulação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.