Onde a Google deu um passo atrás, a Sony vai dar um passo à frente na esperança de alcançar maior sucesso que o obtido com os Google Glass, da gigante das pesquisas. A tecnológica japonesa já começou a aceitar encomendas dos SmartEyeGlass, a sua versão de óculos inteligentes, que começarão a ser vendidos em março, como previsto. Boa parte das caraterísticas do gadget já são conhecidas.

GPS integrado, comandos de voz, câmara fotográfica de três megapixéis e o alerta de notificações são algumas das funcionalidades conhecidas dos Google Glass que também estão presentes na versão da Sony, os SmartEyeGlass. O anúncio da pré-venda surge poucas semanas depois de a empresa de Larry Page ter anunciado que vai descontinuar o seu modelo, apesar de já ter feito saber que não irá desistir do projeto.

Ao contrário dos SmartEyeGlass Attach, um pequeno dispositivo também da Sony que pode ser adaptado a qualquer par de óculos, este produto não consegue ser tão discreto. Para além dos óculos, é ainda incluído um outro aparelho onde está instalada a bateria, o microfone, o sensor NFC e os controlos sensíveis ao toque.

Em comunicado, a Sony diz que "tem os olhos no futuro dos wearables e nos seus casos mais diversificados, esperando conseguir chegar aos programadores para melhorar a experiência do utilizador", vendo um "grande potencial" na realidade aumentada.

Os SmartEyeGlass vão estar disponíveis no Japão, Estados Unidos (por 840 dólares) e ainda na Europa, mais precisamente em França, Itália, Espanha, Bélgica, Holanda, Suécia e Reino Unido, com o preço a começar nos 670 euros, mais taxas. O alargamento das vendas ao consumidor final deverá acontecer em 2016.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.