A consultora tem vindo a avisar que os tablets são os principais culpados do declínio do mercado de PCs, mas agora assume mesmo que, pela primeira vez, o número de equipamentos vendidos vai ser superior já no quarto trimestre, mantendo-se nos próximos anos.

Novos modelos, mais baratos, com ecrãs mais pequenos, estão na base deste crescimento, como a IDC já tinha antecipado em estudos anteriores. Entre os “culpados” estão mesmo alguns modelos agora apresentados na IFA

O mercado de “smart connected devices”, que inclui PCs, tablets e smartphones, deverá crescer 27,8% este ano, um pouco abaixo dos 30,3% registados em 2013, mas os tablets e smartphones são os grandes responsáveis por este crescimento, já que os PCs devem cair mais de 10% este ano.

Mesmo assim, na soma total do ano, as vendas de PCS ainda serão superiores às de tablets, o que acontecerá também em 2014. Só em 2015 a IDC espera que a ultrapassagem seja completa.




[caption][/caption]

Bob O’Donnell, vice presidente da IDC para a área de clientes e displays, explica em comunicado que o mundo dos devices viu já várias formas de impacto da canibalização em diferentes categorias, mas nos últimos anos tem sido mais evidente que os consumidores estão a substituir a compra de PCs por tablets.

Os equipamentos de baixo custo vão dominar, assim como as dimensões de 7 e 8 polegadas, mas também este segmento vai começar a ser ameaçado pelos smartphones de ecrãs de maior dimensão, conhecidos por phablets.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.