O projeto e-Liga deu arranque à sua segunda fase de desenvolvimento esta segunda-feira, quando a Liga Portuguesa de Futebol Profissional e a Samsung anunciaram que a plataforma eletrónica foi alargada aos relógios inteligentes da marca sul-coreana, os Gears S3.

O e-Liga foi apresentado, pela primeira vez, em março de 2016, como uma plataforma que iria permitir a delegados e a árbitros enviar para a Liga informações em tempo real sobre jogos oficiais, sem necessidade de recorrerem a qualquer tipo de suporte em papel.

Contudo, nesta fase, estava limitado aos tablets Galaxy Tab S e Tab S2. Agora, rompe as fronteiras dos tablets e chega aos smartwatches, evidenciando um estreitamento da relação entre a Liga e a Samsung.

Em comunicado, a marca sul-coreana explica que a utilização da plataforma no Gear S3 é “bastante simples”. Através de um aro rotativo, os profissionais de arbitragem podem selecionar os intervenientes do jogo.

Estas informações são registadas e armazenadas no relógio e, no final da partida, o dispositivo é emparelhado com um dos tablets Tab S para que a informações seja enviada para a Liga.

Frederico Paiva, diretor de negócio da Samsung Portugal, frisou que a tecnológica quer estar perto dos interesses que fazem "vibrar" os portugueses, e nada move mais os corações dos portugueses do que o futebol.

Recorde-se que o Gear S3 foi apresentado ao mundo, pela primeira vez, no fim de agosto de 2016, durante a IFA em Berlim, e já está disponível para compra em Portugal, a um preço de 399,99 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.