Ainda não existe uma confirmação oficial, mas a verificar-se, o abandono das ambições de ter o seu próprio smartphone modular evidenciam uma mudança de estratégia do colosso tecnológico de Mountain View.

Fontes não identificadas avançaram à Reuters que a Google suspendeu as operações do seu Projeto Ara, cuja missão era desenvolver um smartphone “faça você mesmo”, ou seja, um dispositivo que os utilizadores poderiam personalizar à sua vontade, adicionando ou substituindo componentes.

Apesar de agora ser muito pouco provável que a Google lance o seu próprio smartphone modular, as mesmas fontes sugerem que a empresa pode colaborar com os seus parceiros para dar continuidade ao Project Ara e colocar as suas tecnologias ao dispor do desenvolvimento deste género de aparelhos.

A ser verdade, o abandono das ambições de ter um smartphone modular acontece poucos meses depois de a Google ter dado a entender que a sua avançava "a todo o vapor".

Em maio, durante a sua conferência anual para programadores, a proprietária do maior motor de busca do mundo mostrou um dispositivo que, supostamente, se assemelhava à versão final do equipamento.

Na altura, a Google anunciou que alguns telefones seriam distribuídos aos programadores durante este outono. Inicialmente, o lançamento estava previsto para 2015, mas foi adiado para 2016 e depois alterado para 2017. E agora a Google decide por termo ao projeto, quando há apenas quatro meses tudo parecia correr “às mil maravilhas”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.