Os números são da Gartner e revelam que nos três primeiros meses do ano foram vendidos 426 milhões de telemóveis, numa subida de 0,7% face a igual período de 2012. Enquanto as vendas de smartphones aumentaram 42,9%, para os 210 milhões, nos telemóveis tradicionais os números caíram 21,8%.

Por regiões, a Ásia/Pacífico foi o único mercado a crescer, com a China a representar 25,7% das vendas totais, mais dois pontos percentuais do que há um ano atrás. Na Europa as vendas caíram 3,6%, nos Estados Unidos 9,5%, na América Latina 3,8% e no Japão 7,3%.

A Samsung mantém a liderança do mercado total, com a venda de 100,657 milhões de telemóveis, e tem agora uma quota de 23,6%, 2,5 pontos percentuais acima do registado no ano passado.

A Nokia ocupa a segunda posição, embora continue a perder mercado. A fabricante finlandesa vendeu 63,215 milhões de terminais e tem agora 14,8% do mercado, 5,8 pontos percentuais à frente da Apple, que vendeu 38,331 milhões de equipamentos e ocupa a terceira posição.

[caption][/caption]

Nos smartphones o pódio das fabricantes no final de março era ocupado pela Samsung, Apple e LG, com respetivamente quotas de mercado de 30,8%, 18,2% e 4,8%.

[caption][/caption]

As vendas registadas entre janeiro e março desde ano colocaram o sistema operativo Android próximo dos 75% de quota de mercado, que comparam com os 56,9% registados em igual período de 2012.

[caption][/caption]

O iOS da Apple perdeu quatro pontos percentuais e representa agora 18,2 dos smartphones vendidos, enquanto o Blackberry, da RIM, em pleno processo de renovação, baixou de 6,8% para 3% e a Microsoft conseguiu crescer um ponto percentual, para os 2,9%.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.