“Já não precisa de ser milionário para poder ter um Vertu”. Foi assim que o diretor executivo da Vertu, Max Pogliani, comentou a situação da indústria tecnológica de luxo ao Financial Times. E o CEO atribui esta situação à Apple que está a democratizar o segmento através do Apple Watch.

Mas olhando para o último smartphone da antiga divisão da Nokia, o Vertu Signature Touch, pode não ser preciso ser-se milionário, mas continua a ser fundamental ter uma carteira abastado. O preço do smartphone varia entre as 7 e 17 mil libras, o equivalente a 9.500 e 23 mil euros, respetivamente.

A versão mais cara garante um aro construído em ouro rosa, mas os preços podem subir ainda mais para pedidos específicos.

Um dos destaques deste modelo é que é totalmente montado à mão por apenas uma pessoa. Isto é, todos os componentes são integrados à mão, o que quase transforma este equipamento numa peça “artesanal”.

Ao nível do smartphone per si, o Signature Touch é um Android Lollipop, tem um ecrã de 5,2 polegadas com uma resolução Full HD, processador Snapdragon 810 de oito núcleos, 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno.

O mais recente smartphone da Vertu só vai estar disponível em lojas de luxo selecionadas e pode ser comprado a partir de 16 de outubro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.