A corrida pelo primeiro lugar no segmento musical do streaming não está a correr mal para a Apple. Apesar de ainda ficar atrás do Spotify, em termos de subscritores pagos, o serviço tem vindo a conquistar terreno à concorrente a um ritmo consistente. Agora, a empresa decidiu atacar ao introduzir o chamado desconto de estudante em 82 novas regiões. Um grupo extenso, no qual Portugal está incluído.

Apple Music ultrapassa a marca dos 30 milhões de subscritores
Apple Music ultrapassa a marca dos 30 milhões de subscritores
Ver artigo

Na prática, isto significa que todos os portugueses universitários, que estudam numa das faculdades selecionadas, poderão beneficiar de um desconto de 50% sobre o preço base do serviço, ou seja, em vez 6,99 euros mensais, os utilizadores pagam apenas 3,49 euros. Este desconto pode ser utilizado por um período máximo de 48 meses.

O serviço conta atualmente com 36 milhões de subscritores, ao passo que o Spotify se encontra uns patamares acima, com 70 milhões de subscritores. Para encurtar a distância, a empresa precisa de segurar utilizadores após o período experimental. A redução de preço é uma estratégia já adotada pela concorrente, que está disponível em Portugal desde abril de 2017, pelo mesmo valor.

Saiba mais sobre o plano estudante do Apple Music através deste link.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.