É uma abordagem diferente daquelas que têm sido vistas no desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis. O estúdio holandês Happitech criou um jogo onde o ritmo cardíaco dos utilizadores tem uma grande importância no decorrer da aventura.

No título Skip a Beat, para já apenas disponível para iOS, o jogador tem de colocar o dedo sobre o flash do smartphone que vai estar ligado. Depois em junção com a câmara fotográfica vai ser feita uma análise à quantidade de luz que passa, o que por sua vez indica o ritmo cardíaco da pessoa.

Mediante este ritmo, a personagem do jogo está mais ou menos "inchada", o que facilita depois o seu controlo na aventura. O jogador assume o papel do sapo Skip e será necessário carregar no ecrã para que a personagem suba e desça, evitando assim os obstáculos.

Se na prática o jogo podia ser considerado como mais um spin-off do Flappy Bird, na realidade é um conceito com uma dimensão totalmente diferente.

Além de trazer esta vertente de gamificação, os programadores da Happitech esperam que utilizadores que tenham problemas cardíacos possam usar o seu jogo como uma forma mais divertida de fazer o controlo dos batimentos do coração. Isto porque dentro do jogo há uma tabela que vai guardando registo dos diferentes ritmos cardíacos, além de estar prometido o suporte para o HealthKit da Apple no futuro.

Nota de redação: Corrigida uma informação relativamente à nacionalidade do estúdio Happitech


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.