O Pixelbook é um computador de ponta desenhado para correr Chrome OS de raiz. O computador tem as limitações tradicionais que o sistema lhe impõe, mas se está tentado em utilizar esta máquina para fazer mais do que este OS lhe permite, talvez a sorte lhe bata à porta muito em breve. De acordo com o portal XDA Developers, a Google pode estar prestes a introduzir nesta linha, o suporte para Windows 10.

As primeiras pistas foram descobertas por programadores de apps para Chrome OS, que se cruzaram com algumas referências a ferramentas do Windows no código do software.

O XDA Developers adianta ainda que os "desenvolvedores" do Chrome OS têm vindo a trabalhar na integração do Windows 10 no Pixelbook há já alguns meses, sendo que o projeto é assumido dentro da empresa.

A concretizar-se, esta adição pode ser valiosa para aqueles que ainda não encontram nas apps nativas tudo aquilo que procuram para realizar o seu trabalho. Para a Google esta pode também ser uma rampa de lançamento para a conquista de quota de mercado num dos segmentos mais competitivos da eletrónica de consumo: os portáteis.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.