Os humanos ainda não colonizaram outros planetas ou satélites naturais. A ambição é conhecida, mas é seguro afirmar que ainda faltam muitos anos até que seja possível fazê-lo. No entanto, a Lexus já começou a desenhar os veículos que nos vão transportar quando conseguirmos consolidar-nos para além das fronteiras terrestres, mais especificamente na Lua.

Segundo a fabricante automóvel, os humanos vão deslocar-se em pequenas naves futuristas, brilhantes e aerodinâmicas. Os sete conceitos criados pelo European Advanced Design Studio, que serve Lexus e Toyota, figuram na última edição da revista Document Journal e todos eles adaptam em si um ou mais elementos do Lexus LF-30 Electric Concept.

Um dos exemplos que figura na revista é um aparelho que se parece com uma mota, embora não tenha qualquer roda. A empresa chama-lhe Zero Gravity e desenhou-o para que se desloque por levitação magnética.

Há um outro veículo conceptual, chamado Lexus Cosmos, desenhado em vidro, para que os passageiros possam aproveitar as paisagens espaciais enquanto viajam. O Bouncing Moon Roller é uma espécie de bola gigante, que se move rolando sobre si próprio, cujo giroscópio impede o passageiro de andar às cambalhotas.

Há outras propostas, como é o caso do Lexus Lunar Cruiser, que promete viagens suaves em qualquer terreno lunar, e o Lexus Moon Racer, um veículo mais "desportivo" para passeios a alta velocidade. Por último, o estúdio criou também o Lexus Lunar Mission, concebido para voar terráqueos até ao seu planeta de destino.

Note que todos estes veículos são apenas conceitos, fruto de um exercício de design e imaginação. Apesar de ser fácil imaginar um humano a deslocar-se num planeta distante num destes veículos, também é igualmente fácil pensar no quão distante está essa realidade.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.