Experiências 3D e 4D e video-walls são algumas das apostas tecnológicas do novo espaço museológico dedicado ao chocolate, em Viana do Castelo.

Em cada uma das quatro salas, os visitantes têm a oportunidade de aliar conhecimento e experiências sensoriais, sublinha Diogo Barbosa, partner da Gema, a empresa responsável pelo desenvolvimento dos conteúdos.

"Recriámos a viagem e a chegada de Hernán Cortez à América do Sul, o seu percurso até encontrar o Cacau e a sua receção pelo imperador asteca Montezuma", conta o responsável.

Nesta viagem os visitantes vão poder sentir cheiros, vento, calor e ter experiências 3D. "Acreditamos que estamos perante uma nova tendência de relacionamento entre os museus e as pessoas. Sentimos que o público se tornou mais exigente e procura ser surpreendido".

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.