Lançado em 2009, o telescópio Kepler recolheu milhares de imagens que têm vindo a ser analisadas e que podem ajudar os cientistas a conhecer melhor o universo e a garantir avanços na busca de outros planetas habitados. A missão do Kepler era encontrar novos planetas na galáxia Milky Way (Via Láctea), analisando as estrelas com um aspeto idêntico ao Sol e os planetas com dimensões semelhantes às da Terra.



As conclusões já apuradas indicam que pelo menos uma em cada cinco estrelas semelhantes ao sol podem ter um planeta idêntico à Terra na sua órbita, que se não tiver demasiado próximo ou demasiado distante do astro reúne condições para ter água e gerar vida.



Vale a pena referir que em todo o universo existirão milhares de milhões de estrelas, pelo que os cientistas concluem que há uma forte possibilidade de a existência de planetas semelhantes à Terra ser frequente. Isto não significa, no entanto, que todos os planetas localizados em zonas potencialmente habitadas tenham de facto vida, frisam os cientistas.



Há um conjunto de outros fatores que têm de combinar-se para que a vida possa existir e, neste momento, as observações realizadas não permitem conhecer mais detalhes relativamente às características de cada planeta. A tarefa está reservada para próximas missões.



No campo de visão do Kepler, ao longo dos três anos de observação do telescópio, estavam cerca de 150 mil estrelas. Foram examinadas 42 mil e encontrados cerca de 800 "candidatos a planetas", dos quais 167 foram já confirmados. Destes, 10 têm um tamanho idêntico ao da Terra e estão numa zona considerada habitável.

Com base nos dados já recolhidos foi também possível calcular que, só na galáxia de Milky Way, existirão 8,8 mil milhões de estrelas com planetas de tamanho idêntico ao da Terra em seu redor e posicionadas em locais com temperaturas que podem permitir vida.




Os dados apurados pelos cientistas foram publicados pela Academia Nacional da Ciência dos Estados Unidos e detalhados numa conferência sobre o trabalho realizado pelo Kepler, que decorreu ontem na Califórnia.

Nota de redação: Foi corrigida uma gralha na notícia.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.