A Ubisoft começou a criar expectativas para a sua conferência nas últimas semanas, com o lançamento de um teaser alusivo a um novo jogo de Assassin's Creed. Depois de a saga ter estado vários anos ausente da primeira linha do mercado dos videojogos, não era esperado que o estúdio revelasse um novo capítulo apenas um ano depois de nos ter dado Assassin's Creed Origins. O sucesso da aventura pode ter tido peso na criação de um novo título, que pode embalar a saga para mais um período áureo.

Além desta novidade, aos olhos de um luso, destacaram-se ainda as naus portuguesas, que figuraram num dos vídeos de apresentação de Skulls & Bones.

Assassin's Creed Odyssey

A Ubisoft já nos tinha teixado uma pista clara relativamente ao futuro de Assassin's Creed, mas depois da conferência desta segunda-feira, dissiparam-se as dúvidas. O próximo capítulo da saga vai desenrolar-se na Grécia Antiga, em 431 a.C., durante a Guerra do Peloponeso, que opôs Atenas e Esparta.

A personagem principal pode ser escolhida de entre duas possíveis (Alexios e Kassandra), mas ambas vão utilizar a lança de Leonidas como arma principal.

A Ubisoft mostrou ainda que o jogo foi desenvolvido com base numa abordagem diferente, uma vez que os jogadores poderão escolher o que dizer durante alguns diálogos com outras personagens e, assim, influenciar o destino do seu herói.

Adicionalmente, será adicionado um complexo sistema de personalização e um outro, com base nos RPGs mais tradicionais, que vai disponibilizar a evolução qualitativa do protagonista em várias vertentes.

O jogo vai estar disponível a partir do próximo dia 5 de outubro.

Skull & Bones

Skull & Bones é um jogo de piratas com um mundo aberto, onde as batalhas navais pautam o ritmo da ação. O jogo tem lugar no Índico e Portugal será uma das potências marítimas em destaque, uma vez que o país tinha rotas comerciais estabelecidas com vários dos países que são banhados por este oceano. No trailer, é possível ver vários confrontos com navios portugueses e alguns dos detalhes desses barcos.

Para além dos canhões e dos assaltos aos navios, os piratas vão poder utilizar outras mecânicas para usurpar os tesouros que encontrarem pelo caminho. Algumas delas bem mais discretas, como é a possibilidade de se utilizarem velas falsas para disfarçar uma embarcação.

Adicionalmente, o jogador vai poder consultar videntes para se informar acerca do estado do mar ou da localização do inimigo, de forma a que possa construir estrategicamente a sua abordagem.

As cidades vão estar repletas de estabelecimentos onde é possível adquirir armamento, contratar novos marinheiros e personalizar o navio com pormenores estéticos e funcionais.

Skull and Bones foi anunciado em 2017, teve lançamento confirmado para 2018, mas um atraso no processo de desenvolvimento vai empurrar a disponibilização deste jogo para 2019. PlayStation 4, Xbox One e PC são as plataformas que vão receber a aventura.

Beyond Good and Evil 2

Beyond Good and Evil foi revelado na E3 do ano passado, mas a fase inicial de desenvolvimento em que se encontrava, não deixou o estúdio revelar muito acerca desta aventura. Nesta edição, porém, também não foram muitos os detalhes adiantados. Tal como em 2017, o que se viu do jogo foi através de um trailer cinemático que confirma o regresso de duas personagens muito populares: Jade e Pey'j.

O mais surpreendente do tempo que foi reservado a este título foi o novo esquema de crowdsourcing através do qual artistas independentes poderão submeter a sua música e a sua arte visual para ter a oportunidade de expor o seu trabalho no jogo.

Tom Clancy's The Division 2

Esta é uma das obras da Ubisoft que se encontra mais perto de ser finalizada. The Division 2 vai ser lançado a 15 de março de 2019 e sabe-se agora que Washington será o cenário desta aventura.

O jogo é uma sequela do The Division lançado em 2016 e mantém uma lógica de jogo semelhante, com mecanismos de RPG, classes e diferentes equipamentos de combate. A missão é restaurar a ordem na capital dos EUA, antes que a fação de rebeles concretize o golpe de Estado de que se fala nas ruas de uma cidade em ruínas.

O mapa é uma réplica à escala real de Washington D.C. e durante o primeiro ano de mercado, o jogo vai contar com três expansões gratuitas, que trarão mais conteúdo para esta aventura.

Na conferência que realizou esta segunda-feira na E3, em Los Angeles, a Ubisoft teve ainda tempo para revelar o lançamento de um DLC para Mario + Rabbids Kingdom Battle, que trará conteúdos do universo de Donkey Kong para o jogo, e a chegada de Starlink: Battle for Atlas à Nintendo Switch, onde existirão personagens jogáveis exclusivas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.