A editora alemã PediaPress quer fazer o que muitos já idealizaram, mas poucos o terão considerado como executável: imprimir a Wikipédia. O grupo germânico está a recorrer ao financiamento colaborativo para alcançar o feito, pedindo 50 mil euros na plataforma IndieGoGo.

Caso a ideia se concretize, então vão ser necessários mil livros de 1.200 páginas cada para imprimir os quatro mil milhões de artigos que a versão inglesa da "enciclopédia da Internet" tem atualmente. As páginas serão numeradas de forma sequencial de livro para livro, estimando-se que ao todo a Wikipédia em papel venha a ter 1,193,014 páginas.

Mas o projeto também tem um significado: mostrar o quão grande a Wikipédia é e alertar os internautas que todo o conhecimento que existe na plataforma é o resultado da colaboração de 20 milhões de pessoas.

Os livros serão depois expostos na conferência Wikimania 2014 que vai acontecer em Londres no mês de agosto. Para o efeito vão ser colocados numa "livraria" própria que terá 2,5 metros de altura e mais de dez metros de comprimento.

A atualização constante é uma das características da Wikipédia e os promotores da iniciativa também tiveram este conceito em conta: durante a exibição vai haver uma impressora dedicada a imprimir todas as alterações que são feitas online.

Dizem os responsáveis pela iniciativa que se houver muito interesse, então a Wikipédia na sua versão em papel pode vir a fazer um tour mundial de demonstração. Se o montante conseguido superar em larga escala o que era pedido inicialmente, há ainda a possibilidade de a impressão ser feita a cores e não em cinzento.

A PediaPress é uma editora alemã que tem publicado vários livros com recurso aos conteúdos e conhecimentos que são publicados na Wikipédia.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.