Apesar de se terem consolidado como um utilitário essencial para a vida moderna, os telemóveis só ganharam o carinho das massas há pouco mais de 10 anos. Mas para a revolução que os colocou como peça central nos circuitos de informação, entretenimento e comunicação, os smartphones desempenharam um papel fulcral, que se acentuou com o lançamento do primeiro iPhone, em 2007.

No entanto, ao contrário do que seria expectável, a lista dos smartphones mais vendidos da história não é, nem de perto nem de longe, liderada por equipamentos desta categoria. Anos antes, com telefones mais baratos e com menos diversidade de oferta no mercado, os consumidores tenderam a concentrar-se em um ou dois modelos distintos, aumentando o número de unidades vendidas desse mesmo equipamento.

O resultado é um legado histórico difícil de bater que fica patente nos mais de 250 milhões de exemplares que o primeiro classificado deste ranking conseguiu vender ao longo do seu tempo útil de vida.

Dos 10 primeiros lugares, apenas um é detido por um smartphone. E a marca mais representada é, sem surpresa, a Nokia, com sete telefones posicionados na lista.

Pode conferir toda a lista na galeria abaixo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.