A Mozilla levantou esta semana mais um pouco do véu a respeito de algumas das alterações na calha para a versão 4 do Firefox.

Maior rapidez, um interface de utilizador mais simples e HTML 5 são as palavras-chave da próxima grande actualização esperada para o browser da Mozilla, que deverá ser lançado no final de Novembro. A versão beta deverá ficar disponível já no próximo mês, embora os responsáveis tenham ressalvado que nestas matérias a agenda é sempre um assunto sensível.

Numa apresentação online, que se focou mais sobre os objectivos do que propriamente sobre funcionalidades, o responsável máximo pelo Firefox, Mike Beltzner, explicou que a necessidade de simplificar o interface do utilizador está directamente associada à intenção de torná-lo mais rápido.

Ainda com a palavra "simplificação" em mente, os utilizadores deverão poder contar com um novo aspecto no menu para controlo de opções relacionadas com segurança e privacidade, que deverá ajudá-los a entenderem-se melhor com as cookies e as permissões a dar aos websites visitados.

[caption]Firefox 4 aposta na simplificação[/caption]

.

[caption]Firefox 4 aposta na simplificação[/caption]

No que respeita às alterações ao interface de utilização, são esperadas supressões de botões e alguns pop-ups, novos separadores ou até mesmo uma nova localização para estes. É preciso, no entanto, não esquecer que o que foi apresentado foi uma versão de teste que pode sofrer alterações.

A ideia é acabar com tudo o que não é necessário e diminui a performance do browser, o que inclui suprimir tantos botões quanto possível. Assim, na mesa estão propostas para remover o botão "home" (que permite ao utilizador retornar à sua página de início do browser), "reload" (ou "actualizar", que volta a carregar uma página) e o "stop" (que cancela o carregamento de uma página).

Ao invés de um botão, o home será transformado num separador, que se encontrará sempre (até porque não pode ser fechada) à esquerda dos restantes e ao qual o internauta poderá voltar a qualquer momento sem ter de voltar a solicitar o carregamento da página.

[caption]Firefox 4 aposta na simplificação[/caption]

Outra das hipóteses, que segundo a PC World terá sido avançada no final do ano passado, passa pela possibilidade de inclusão de funcionalidades de media social neste separador, como widgets para actualização de redes sociais, feeds RSS ou outros conteúdos personalizados, mas a informação ainda não foi confirmada.

Os outros dois botões terão destinos diferentes. O stop será definitivamente eliminado enquanto o actualizar será integrado na barra de endereços. Do lado esquerdo da barra passa também a poder ser encontrado um botão de acesso à lista de sites "favoritos" - em mais uma semelhança com o Google Chrome.

Os separadores podem passar a estar colocados por cima da barra de endereços, ao invés de por baixo dela, como acontece actualmente. O objectivo seria aumentar o espaço disponível na janela de navegação.

As novidades a respeito dos separadores podem incluir também novas tabs destinadas a aplicações Web, semelhantes à da página inicial, mas destinadas a serviços como o Gmail, Twitter ou Windows Live Calendar, avança a mesma fonte.

Outra das promessas, que estará também a ser incluída já na versão 3.7 do Firefox, é uma funcionalidade que vai facilitar encontrar um determinado separador quando estão vários abertos. O utilizador poderá recorrer à barra de endereços e digitar parte daquele que procura sendo-lhe apresentada a possibilidade de navegar até ao separador onde se encontra o site ou abrir uma nova janela de browser com o mesmo.

[caption]Firefox 4 aposta na simplificação[/caption]

As janelas de pop-up com avisos e caixas de diálogo deverão ser transformadas numa espécie de balões de notificação que serão apresentados debaixo do URL, o que deverá também ajudar à maior rapidez do programa.

[caption]Firefox 4 aposta na simplificação[/caption]

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.