O hall do museu, localizado nas instalações do clube, tem atualmente um espaço reservado para alojar a plataforma U Print, responsável por digitalizar os interessados para a criação da futura miniatura 3D.

O processo de digitalização demora de três a cinco minutos e, após essa recolha de dados, dá-se início a um processo de pós-produção (compilação de informação).

O público tem ao dispor dois tamanhos de réplicas possíveis: à escala 1/20 e à escala 1/10. O custo varia, respetivamente, entre os 60 euros e os 65 e os 120 euros. A produção pode demorar de cinco a oito dias.
No processo são utilizadas impressoras industriais, com capacidades de produção elevada e grau de qualidade de impressão muito elevado, garante a Trixadis.

Os capitães das três principais modalidades do clube: Ricardo Moreira (andebol), Reinaldo Ventura (hóquei) e Helton (futebol) foram os primeiros a utilizar a tecnologia U Print e a receberem a sua réplica em 3D.

As sessões tiveram direito a um making off.

O processo está disponível para o público em geral às quintas e sextas-feiras, a partir das 14h30, e durante todo o dia, ao sábado e domingo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.