A alternativa serve para comemorar a inauguração oficial das instalações da unidade de produção dos novos telefones, no Texas, Estados Unidos, de onde irão sair cerca de 100 mil dispositivos todas as semanas.

Criada depois que a Google adquiriu a unidade de telemóveis da Motorola, esta fábrica vai ser gerida pela Flextronics, assegurando a produção nacional de todos os modelos Moto X vendidos no mercado norte-americano, refere Dennis Woodside, CEO da Motorola, no blog da empresa.

A partir da mesma página do post facilita-se o acesso direto ao mapa do Street View que permite a visita panorâmica virtual à nova fábrica, através da qual é possível perceber a dimensão da mesma.

[caption][/caption]

[caption][/caption]

Lançado recentemente, o Moto X é o primeiro modelo resultante do negócio anunciado em 2011 entre a Google e a Motorola, e ao mesmo tempo o primeiro telemóvel realmente fabricado pela gigante da Internet.

Ecrã AMOLED de 4,7 polegadas com uma resolução de 720x1280, processador Qualcomm Snapdragon S4 Pro de dois núcleos a 1,7Ghz e bateria de 2.200 mAh, que permite até 13 horas de conversação são algumas das características divulgadas durante a apresentação oficial do telefone.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.