Os novos smartwatches da Fossil não são apenas novos por causa do seu design, mas também porque integram um conjunto de funcionalidades que os modelos antecessores não contemplavam. A lembrar: NFC com suporte para pagamentos, GPS e sensor de batimentos cardíacos.

Os relógios que apresentam estas características são os novos Fossil Q Venture HR e Fossil Q Explorist HR. Graças ao Google Fit, ambos conseguem medir os seus batimentos cardíacos durante sessões de exercício físico e disponibilizam uma mão cheia de mostradores adequados para a exibição de dados relacionados com o número de batimentos por minuto e com a sua performance em treino.

Com GPS integrado no próprio hardware do relógio, o utilizador pode monitorizar caminhadas, corridas, escaladas e passeios de bicicleta, mesmo quando se esquecer do telefone em casa.

Note que o NFC para pagamentos é apenas compatível com Google Pay, uma vez que o sistema operativo destes relógios é o Wear OS, do Android.

A principal diferença entre ambos os modelos reside no tamanho e no aspecto. O Q Venture apresenta um mostrador de 40 milímetros e braceletes amovíveis, ao passo que o Explorist HR tem um mostrador de 45 milímetros e braceletes mais largas.

Mais importa dizer que estes relógios inteligentes são potenciados com um processador Qualcomm Snapdragon Wear 2100, que já está há alguns anos no mercado. E a bateria também fica aquém de alguns modelos anteriores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.