O satélite europeu batizado com o nome Éolo, o guardião dos ventos na mitologia grega, vai ser lançado para o Espaço a 21 de agosto a bordo de um foguetão Vega da base espacial europeia de Kourou, na Guiana Francesa. A missão é estudar os ventos da Terra.

Ao recolher e monitorizar dados quase em tempo real, em diferentes partes do mundo, o Éolo será um complemento dos sistemas meteorológicos já existentes.

Isso irá permitir ter uma melhor compreensão de como a atmosfera funciona, qual o papel do vento na temperatura e no clima, possibilitando medir o vento em zonas menos observadas, como as áreas polares.

Estes dados irão ainda possibilitar estudar todos os tipos de alterações climáticas, desde o aquecimento global até aos efeitos da poluição, bem como ajudar na previsão meteorológica de fenómenos extremos como o El Niño. Por fim, também se espera que ajude na produção de energia eólica, a proteção de culturas e pescas.

O satélite carrega o Aladin, um instrumento que tem uma tecnologia de detecção e localização que funciona através de ondas de luz e se designa por Lidar (Light Detection And Ranging) que, combinando dois poderosos lasers, um “grande telescópio e receptores extremamente sensíveis, é um dos instrumentos mais avançados já colocados em órbita”, segundo a ESA.

A missão Éolo também tem dedo nacional, uma vez que a LusoSpace e a Omnidea, duas empresas aeroespaciais portuguesas participaram na construção do satélite europeu.

A LusoSpace concebeu os dois magnetómetros do satélite que "serão os primeiros instrumentos a serem usados a seguir ao lançamento", explicou à Lusa o diretor-executivo da empresa, Ivo Yves Vieira.

Já a Omnidea produziu e testou as válvulas que asseguram a limpeza da componente ótica do Aladin, o principal instrumento do satélite.

Com 1.450 quilos, o Éolo ficará a 320 quilómetros de altitude, viajará a 27 mil quilómetros por hora e completará cerca de 16 órbitas por dia.

O lançamento do satélite que ficará em órbita durante os próximos três anos está marcado para as 21h20 GMT do próximo dia 21 de agosto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.