Os principais anúncios das grandes marcas já estão a fazer-se desde o início da semana, roubando a atenção dos jornalistas para smartphones, phablets, smartwatches e outros gadgets “de vestir”, como o TeK tem dado conta em dezenas de notícias sobre as novidades que vão sendo conhecidas. Mas a IFA é muito mais do que os grandes anúncios e só passeando entre os 150 mil metros quadrados de exibição, e pelos stands dos mais de 1.640 expositores é possível descobrir as novidades que não chegam às primeiras páginas dos jornais.

Depois de ter sido durante muitos anos dominada pela eletrónica de consumo “pura e dura”, com os computadores portáteis e tecnologias de comunicação relegadas para os lugares menos frequentados dos stands, a IFA foi conquistada pelos produtos relacionados com a mobilidade, que têm agora tanto ou mais destaque que as Televisões, sistemas de som e os produtos da linha castanha, como frigoríficos e máquinas de lavar, por muito inteligentes que se estejam a tornar.

A aposta massiva de marcas como a Sony, LG, Huawei e Samsung nos smartphones e smartwatches não é alheia e este domínio, mas cada vez mais empresas ligadas às tecnologias da informação reservam espaço na feira, e nas conferências, reservando algumas novidades para estes dias.

Apesar da abertura de portas ao público ser oficialmente hoje, dia 4 de setembro, os stands já estão a ser montados a todo o vapor nos últimos dias, e ontem, dia reservado aos jornalistas, já era possível visitar parte da exposição, com algumas marcas mais avançadas na finalização do que outras.

Antecipando o período chave de venda de eletrónica, próximo da época de Natal, os fabricantes investem em comunicação, marketing e na renovação dos seus produtos, alinhando estratégias para chegar aos tops de vendas na Europa.

Nos smartphones o design, e a qualidade da imagem, continuam a dominar as tendências, com a Huawei a mostrar o Mate S e a Sony a revelar o Z5, com inovações no Touch Force e na imagem 4K, como o TeK já relatou. E parece que há relógios inteligentes para todos os gostos, e smartbands para quem quer ser mais discreto.

Nos televisores é também o 4K (ou Ultra HD) que rouba as atenções, com equipamentos cada vez mais finos e de tamanhos XL, à procura de diferenciação num mercado com margens mais reduzidas e onde a limitação na disponibilidade de conteúdos é ainda um problema a superar para convencer os utilizadores.

De qualquer forma a GfK diz que o Ultra HD é um mercado em expansão, apesar do decréscimo no número total de vendas de televisores em 2014. Este ano a expectativa é que sejam vendidos mais de 28 milhões de televisores 4K, a grande maioria deles na China. Na Europa ocidental os números são mais modestos mas um em cada 10 televisores terá capacidade para imagens Ultra HD, e as Smart TVs são cada vez mais a norma generalizada.

As novidades nos carros ligados estão também um pouco por todo o lado na feira, e há uma experiência da Open Roberta para aplicação da robótica a carros sem condutor.

Nos próximos dias vamos continuar a acompanhar em Berlim as principais novidades da IFA, e também a partir da redação há histórias para contar, por isso continue a passar por aqui para saber quais são os gadgets que vão chegar às lojas nos próximos meses, ou as principais inovações que estão ainda em projeto mas que podem marcar tendências para os próximos anos.

 

Acompanhe aqui todas as novidades da IFA 2015

 

Nota da Redação: O álbum foi atualizado com mais fotografias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.