Os especialistas em vulcanologia consideram que o vulcão da Islândia tem vindo a perder a atividade, mas o certo é que este continua a entrar em erupção com uma elevada cadência. Desde dezembro é a terceira vez que este expele lava, deixando um rastro de destruição por onde passa. Em janeiro, algumas das casas foram “devoradas” pela lava, deixando milhares de pessoas desalojadas e evacuadas das vilas afetadas.

Esta quinta, dia 8 de fevereiro, uma nova erupção vulcânica na península de Reykjanes, a sudoeste do país, criando um novo espetáculo natural de contrastes coloridos dos rios de lava. A lava chegou perto da central de energia em Svartsengi (cerca de 1 quilómetro), afetando o fornecimento do sistema de água quente para 20 mil pessoas da vila, como reporta o The Guardian.

Veja na galeria as imagens das erupções do vulcão na Islândia:

A erupção projetou lava a 80 metros de altura no ar, criando pequenas fontes de lava laranja pelas fendas do solo. A lava atravessou a estrada perto do spa geotérmico de luxo Blue Lagoon. A Proteção Civil do país aumentou o nível de alerta para emergência e foi pedida à população e empresas que poupassem energia elétrica.

Os especialistas destacam que a região de Reykjanes não é afetada diretamente por grandes explosões vulcânicas ou com a dispersão de cinzas no ar, por serem erupções de fissuras. Mas os cientistas estimam que podem continuar durante anos, levando as autoridades a construir represas para direcionar os rios de lava para longe das casas e das infraestruturas críticas.

Na imagem de satélite que compara a erupção de fevereiro e de dezembro do ano passado, mostra como as áreas afetas são bastante diferentes. A nova erupção fez a lava fluir cerca de 4,5 quilómetros para oeste do seu ponto central e parte da área coincide com a mesma erupção de dezembro.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.