As impressoras 3D e os seus criadores já mostraram que é possível fazer nascer a partir do nada quase todo o tipo de construções: casas, objetos do dia a dia, peças específicas de maquinaria e até capas de telemóveis. Agora o Urbee 2 quer levar a impressão tridimensional até ao setor automóvel ao combinar as vantagens de uma construção em plástico com a poupança energética e ambiental.

O Urbee 2 é um veículo construído com diversos componentes impressos em plástico ABS. O metal só é usado na parte mecânica e na construção da estrutura do chassis. Na perspetiva da Kor Ecologia, empresa dedicada ao desenvolvimento de projetos para a indústria automóvel 3D e responsável pelo projeto, o Urbee 2 representa o conceito do futuro da mobilidade urbana ao conseguir ser tão resistente como os veículos atuais mas ter metade do peso, vantagem que se traduz em poupança energética.

A aerodinâmica do veículo também foi pensada ao pormenor para reduzir os consumos, daí que o veículo apenas tenha três rodas e dois lugares. A segurança do carro é igualmente uma prioridade e o Urbee 2 está a ser desenvolvido para corresponder aos requisitos de segurança da prova automóvel de Le Mans.

O automóvel caracteriza-se ainda pelo salto evolutivo que pode representar no processo de fabrico - os braços mecânicos das fábricas podem ser substituídos por impressoras 3D.

Uma das desvantagens que afetará certamente este projeto nos primeiros anos é a menor velocidade de construção de um veículo. Quem está a par da realidade das impressoras 3D, como a Ultimaker que esteve no SAPO Codebits do ano passado, percebe que a construção dos objetos sai com grande precisão mas demora várias horas até estar concluída.

A Kor Ecologica prevê que uma impressora demore até 2.500 horas para construir um Urbee, cerca de 104 dias, como contou à Wired. Mas na ideia de Jim Kor, o responsável pela empresa, uma mesma impressora produz todas as partes necessárias à montagem do veículo. O conceito do carro já evoluiu bastante desde o primeiro modelo apresentado em 2010.

[caption]Urbee2[/caption]

[caption]Urbee2[/caption]

A produção de peças de tamanhos consideráveis e em tempos mínimos vai estar dependente da evolução da própria indústria da impressão 3D, que ainda está a em fase de maturação mas é cada vez mais uma tendência confirmada para os próximos anos da área tecnológica.

Os 50 mil dólares atualmente necessários para a produção do veículo protótipo não impediram a chegada de 14 pré-encomendas para o Urbee 2.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.