Nos últimos quatro anos já foram distribuídos mais de 5 milhões de computadores baseados no design de referência Classmates da Intel, um número que inclui os portáteis Magalhães, anunciou ontem a Intel. A fabricante continua a trabalhar na actualização do modelo e acaba de anunciar uma nova geração de computadores que usa o processador Cedar Trail Atom.

Os novos modelos foram demonstrados no Intel Developer Forum, numa instalação que reproduz o ambiente de sala de aula.

As novas versões vão estar "disponíveis brevemente", até porque o processador foi adiado para Novembro.

A nova geração de Classmates traz melhorias a nível da duração da bateria, da resistência e de experiência de utilização, garante a fabricante. O portátil tem um ecrã sensível ao toque e é convertível em tablet, podendo ser usada uma caneta para escrever e desenhar sobre o ecrã.

A Intel prometeu também considerar uma redução de preço para o Classmate, sobretudo a pensar na concorrência que se adivinha da parte dos Chromebooks no mercado da educação.

Durante a conferência foi ainda anunciado um modelo de Classmate especialmente concebido para professores, mas as especificações e o pacote de software ainda não estão completamente definidos.

Recorde-se que a iniciativa Intel Learning Series foi lançada em 2007 e apresentou-se como a principal alternativa ao projecto One Laptop per Child de Negroponte. Actualmente a empresa conta com mais de 500 parceiros em 70 países.

Veja ainda o vídeo com a demonstração das principais funcionalidades do Classmate convertível.

Escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.