Ainda se recorda dos filmes Starship Troopers? A história centrava-se no exército humano que lutava contra as hordas de insetos alienígenas gigantes. Esse é o mesmo tema de Helldivers II que chegou hoje ao PC e PlayStation 5. O primeiro jogo oferecia uma perspetiva aérea isométrica, num formato conhecido como Twin Stick Shooter, em que um analógico movia a personagem e o outro a direção para onde a personagem dispara.

Para esta sequela, a Arrowhead Game Studios trocou a perspetiva e apresenta agora a ação na terceira pessoa, numa câmara atrás da personagem. Semelhante ao primeiro, este é um jogo cooperativo para quatro jogadores, que devem unir as armas para combater as hordas de aberrações que surgem de todo o lado. Há objetivos a cumprir, primários e secundários, mas de nada lhes vale se no final não conseguirem chamar a extração e fugir com vida. Caso contrário perdem todo o espólio encontrado durante a missão.

Veja na galeria imagens de Helldivers  II:

Os Helldivers são soldados de elite que viajam para os diferentes planetas para eliminar as hordas de monstros. Estes são armados com um arsenal poderoso, composto por metralhadoras, lança-chamas, caçadeiras, espingardas de mira telescópica, entre outras. E ainda as armas auxiliares, como pistolas ou mini-metralhadoras. As armas vão poder ser melhoradas e personalizáveis, como o restante equipamento da personagem.

Durante as missões vai poder chamar reforços, com ataques aéreos ou canhões localizados para eliminar grupos numerosos de bichos. Pode pedir escudos, armas estacionárias, entre outros elementos bélicos para manter o perímetro de extração seguro até à chegada do transporte.

Mas o importante é que os jogadores se coordenem e desenvolvam estratégias, organizando-se no terreno, pois cada bala conta. É muito fácil ficar sem munições e à mercê dos insetos gigantes. Além disso, o jogo tem aquilo que é chamado “fogo amigo”, ou seja, se atingir um companheiro da equipa vai causar-lhe dano.

Obviamente que os inimigos se regem pelo número, mas não será fácil eliminá-los. As suas carapaças protegem dos ataques, sendo necessário saber para onde disparar, obrigando a encontrar os pontos fracos. Caso contrário apenas estará a desperdiçar munições. Há ainda monstros gigantes para defrontar, os bosses que obrigam a estratégias ainda mais concentradas.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.