Os "mergulhos" com os óculos da Google foram dados há uns dias atrás ao largo da costa da Flórida, nos Estados Unidos, na estrutura Aquarius, um laboratório submarino da Nasa que reproduz um ambiente idêntico ao encontrado no espaço.

Além dos Glass, os astronautas mergulhadores do programa NEEMO (NASA Extreme Environment Mission Operations) também testaram um instrumento de monitorização de batimentos cardíacos capaz de se ligar via Bluetooth à estação espacial.

Como projeta dados nas lentes, os óculos da Google podem vir a ser utilizados para mostrar aos astronautas os procedimentos passo a passo em determinada missão, por exemplo relacionada com asteroides. Os testes vão continuar, estando a próxima sessão marcada para setembro.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.