Decorreu este fim-de-semana mais uma edição do Minecon, a convenção dedicada ao universo Minecraft. A empresa Mojang apresentou Dungeons, uma aventura baseada na exploração de masmorras, inspirada em universos como Dungeons & Dragons e Wizardy, que vai chegar ao PC em 2019. Até quatro jogadores podem unir-se num grupo e aceitar missões para explorar um novo mundo repleto de inimigos, personagens e itens para recolher.

O novo jogo mantém toda a identidade “cúbica” habitual do universo Minecraft, e os jogadores têm total liberdade para explorarem o mundo criado para Dungeons. No entanto, a aventura estimula os jogadores a cumprir as missões para obterem as recompensas. As personagens podem ser equipadas com armas e itens encontrados nas suas explorações, preparando-se para enfrentar inimigos mais poderosos. Cada personagem corresponde a uma classe específica: guerreiro, mago, espadachim e um ladrão, cada um com o seu leque de armas e habilidades.

Para além de Dungeons, Minecraft: Story Mode continuará a ser estratégico para a Mojang. Trata-se de uma aventura inspirada no universo, que foi lançada em formato episódico, produzido pela Telltale Games. Com duas temporadas já editadas, o estúdio anunciou há poucos dias que iria fechar portas, mas mantém uma pequena equipa de 25 pessoas para continuar a desenvolver a adaptação de Story Mode para a plataforma e interface da Netflix.

Minecraft tem nove anos e continua a ter uma base muito ativa de utilizadores, tendo registado recentemente 91 milhões de utilizadores ativos. No total, já vendeu mais de 154 milhões de cópias, em todas as plataformas onde foi lançado. A Microsoft adquiriu a Mojang em 2014 por 2,5 mil milhões de dólares, transformando o produtor indie Markus Persson num multimilionário.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.