A sonda Lisa Pathfinder, a mais recente missão da Agência Espacial Europeia (ESA na sigla em inglês), já está a caminho do espaço. O instrumento de medição foi lançado a partir da Guiana Francesa quando passavam cinco minutos das quatro da manhã, hora de Portugal Continental.

O satélite da ESA - que conta ainda com a colaboração da NASA - vai ficar a 1,5 milhões de quilómetros da Terra e vai procurar indícios de ondas gravitacionais no espaço, testando assim a Teoria da Relatividade de Albert Einstein. Mas o objetivo da Lisa Pathfinder é acima de tudo testar os instrumentos de medição da ondas, para que os investigadores possam perceber até que ponto são precisos.

Se a missão for bem sucedida, então a grande missão de ‘busca’ pelas ondas gravitacionais no espaço só vai acontecer em 2034. A ESA publicou um vídeo onde explica qual será a ‘rota’ da Pathfinder assim que chegar ao espaço:

Além da importância que a missão terá na comunidade científica, é de destacar o facto de o software que assegura a fiabilidade dos sistemas de bordo do satélite ter sido desenvolvido em Portugal pela Critical Software.

“Este foi um projeto extremamente desafiante e um marco muito importante. Trabalhámos com as mais recentes tecnologias de ponta, que são de uma precisão extrema, e que irão possibilitar descobertas científicas verdadeiramente inovadoras, permitindo-nos compreender melhor as propriedades do Universo”, comentou o gestor técnico do projeto da Critical Software, Nuno Silva, na semana passada.

Na altura a ESA tinha partilhado imagens dos últimos preparativos da missão.


Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.