A adoção de projetores nas salas de estar continua em crescimento e são muitas as ofertas disponíveis mediante os orçamentos dos utilizadores. A Sony quer contribuir para a massificação dos dispositivos e revelou dois componentes tecnológicos destinados aos modelos portáteis.

Trata-se do SXRD (Silicon X-Tal Reflective Display), considerado o mais pequeno dispositivo de ecrã refletivo de cristais líquidos do mundo. E uma drive LSI equipada com uma funcionalidade de processamento de sinal em alta-definição. Termos técnicos à parte, a tecnologia permite projetar imagens em alta-definição em superfícies curvas, sem o problema de distorcer a imagem. Desta forma, o sistema permite projetar em praticamente todas as superfícies com uma boa qualidade de imagem.

A Sony explica que por norma, um chip do tipo 0.37 apresenta imagens desfocadas devido à limitação de luz no semicondutor sob o elétrodo que gere os pixéis. A fabricante adicionou camadas protetoras de luz para otimizar a estrutura do SXRD. Além disso, adicionou uma nova técnica de gestão das fontes de luz RGB para ajudar a aumentar a resolução, o brilho e o contraste.

Para extrair o máximo das funções do SXRD, a Sony introduziu a drive LSI que tem como funcionalidade compensar a geometria e as extremidades da imagem, corrigindo-a em superfícies curvas. A tecnologia permite por exemplo, utilizar vários projetores e ligar de forma dissimulada as imagens geradas, o que dá maior liberdade aos utilizadores.

A tecnologia começará a ser produzida em agosto.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.