Ao longo das últimas semanas os estados de espírito foram variando consoante o tipo de desafios que a pandemia foi (e vai) colocando. Há preocupações do início que ainda persistem, algumas que passaram e outras novas que, entretanto, surgiram.

Já o humor nunca se perdeu e que o diga a internet: fosse ao modo como as pessoas reagem aos comportamentos dos outros quanto às formas de proteção que cada um arranjou, quando não havia máscaras, ou à utilização incorreta agora que as há, ou às medidas extremas a que alguns recorrem para impor o distanciamento social definido de dois metros.

A quarentena forçada continua e os memes também. E estão cada vez melhores
A quarentena forçada continua e os memes também. E estão cada vez melhores
Ver artigo

Mais tristes serão os memes, ou melhor, reformulando: mais tristes serão os comportamentos de alguns líderes mundiais -  como os que “por ironia” aconselham a injetar desinfetante doméstico ou aqueles que respondem “não sou coveiro” a perguntas pertinentes de jornalistas - que depois viram memes...

Casos ridículos à parte, a convivência familiar, com maridos, esposas e filhos como protagonistas, continua a ser uma fonte inesgotável de humor. E o que dizer dos cuidados de beleza que, finalmente (!) podem ser cuidados?

Entretanto também temos a telescola, o teletrabalho e os regressos, uns mais esperados do que outros, e em diferentes tempos, à rua, aos restaurantes e à (ainda não se sabe bem como) às praias.

Partilhados nas contas do Instagram, Twitter e Facebook, e muitas vezes reencaminhados entre amigos e familiares através do WhatsApp, do Direct ou do Messenger veja na nossa galeria alguns dos muitos memes que continuam a animar os dias de convivência com a COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.