O projeto está a ser desenvolvido há quase uma década pela empresa criada por Paul Allen, um dos fundadores da Microsoft, que faleceu no ano passado antes de ver o primeiro voo do Stratolaunch.

É o maior avião do mundo, composto por duas fuselagens gémeas, que se unem através de uma asa com 117 metros, portanto maior que um campo de futebol. Do nariz à cauda mede 72,5 metros e de altura tem 15 metros, pesando 226 toneladas, um peso que pode mais do que duplicar com carga. É impulsionado por seis motores de Boeing 747.

O Stratolaunch foi projetado para ser uma plataforma de lançamento de satélites para a órbita baixa da Terra e pode contribuir significativamente para reduzir o custo destas missões espaciais. Pode também ajudar a evitar constrangimentos relacionados com os lançamentos feitos a partir de Terra firme, relacionados com condições meteorológicas ou outras.

O voo inaugural demorou cerca de 2h15 e atingiu uma velocidade máxima de 189 milhas (cerca de 300 km/h) e uma altitude de 15 mil pés (4,5 mil metros). Foi realizado na Califórnia, no deserto de Mojave.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.