A NASA TV estava a fazer o acompanhamento da sétima missão do foguetão comercial que ia reabastecer a Estação Espacial  Internacional, com hora de lançamento marcada para as 15:21 de Portugal Continental, e por isso muitos internautas conseguiram acompanhar em direto a explosão.

O incidente aconteceu 139 segundos depois do lançamento e não há ainda causas identificadas, mas a SpaceX e a NASA já garantiram que vão investigar as causas da "anomalia". À hora a que publicamos esta notícia está a decorrer uma conferência de imprensa sobre o acidente.

Veja ou reveja o vídeo da explosão do foguetão.

 

 

O foguetão transportava 1.814 Kg de abastecimentos, 30 projetos de estudantes e dois pares de óculos de realidade aumentada da Microsoft.

Depois do incidente, trata-se já da recolha de destroços do Falcon9, que ficaram espalhados junto de Cabo Canaveral, na Flórida, e estão a ser recuperados por barcos.

Os investigadores vão analisar os mais de 3 mil canais de dados de telemetria que estavam a emitir durante o lançamento do foguetão.

Gwynne Shotwell, presidente da SpaceX já garantiu que todos os esforços serão feitos para identificar e corrigir o erro que deu origem à explosão, mas assegurou que os planos da empresa não são postos em causa por esta incidente.

Esta era a sétima missão da SpaceX para reabastecimento dos astronautas na Estação Espacial Internacional. Apesar do acidente, a NASA já confirmou que os ocupantes da estação estão bem e que têm abastecimentos suficientes para os próximos meses. 

"Vamos trabalhar de perto com a SpaceX para perceber o que se passou, corrigir o problema e voltar a voar. O programa comercial foi pensado para acomodar a perda de veículos de carga", afirma o comunicado oficial da NASA.

Um outro foguetão está pronto a ser  lançado a 3 de julho e em agosto será colocado em órbita o HTV japonês. O Orbital ATK, de outro parceiro da NASA nos voos comerciais, está já a antecipar os planos de lançamento para o próximo ano.

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.