A E3 não se fez apenas com jogos de consola. Os estúdios mais aclamados, responsáveis pelo desenvolvimento de algumas das maiores aventuras interativas da indústria, apostaram este ano em enveredar pelo caminho móvel e decidiram expandir universos virtuais consagrados para os smartphones e tablets.

Conheça aqui as principais propostas

Elder Scrolls: Blades

A Bethesda foi uma das marcas que apresentou novidades no segmento. Com Elder Scrolls: Blades, o estúdio recriou o ambiente medieval de uma das sagas mais populares da última década, teve em conta as limitações de hardware, adaptou o estilo de jogo e criou uma aventura sui generis, que vai oferecer variedade aos fãs da franquia.

Nesta app, o jogador vai ser guiado por um labirinto de túneis, numa masmorra, onde terá de enfrentar vários inimigos para prosseguir na aventura. O combate está inteiramente desenhado para obedecer aos "swipes" e o personagem pode ser totalmente personalizado ao gosto do utilizador.

Tal como pode conferir no vídeo acima, os gráficos estão muito semelhantes aos de Skyrim, por exemplo, mas é de salientar que o jogo ainda não está disponível, pelo que o jogo pode ainda sofrer um downgrade antes de chegar às lojas de aplicações.

Mais importa dizer que Elder Scrolls: Blades vai contar com três modos de jogo: o modo Arena, em que os jogadores podem enfrentar-se em combates singulares; o modo Abyss, que desafia o utilizador a resistir durante o maior tempo possível aos sucessivos inimigos que vão surgindo; e o modo Town, que não só compila uma pequena história, como abre as portas à personalização de uma cidade, que servirá de terra natal a cada um dos jogadores.

O jogo vai estar disponível em breve, para Android e iOS, e a Bethesda admitiu querer levá-lo ao maior número de plataformas possíveis, com o suporte para realidade virtual (fixa e móvel) a chegar também num futuro próximo.

Command & Conquer: Rivals

A EA decidiu recorrer às plataformas móveis para dar uma nova vida a Command & Conquer. O popular jogo de estratégia, que fez carreira no início do milénio, vai ressuscitar nos smartphones com um jogo que promete regressar à raízes da saga.

Neste jogo, que vai ter no multiplayer online o seu maior atrativo, os jogadores terão de derrotar o adversário recorrendo a um vasto arsenal de armas e táticas militares. O ataque por turnos vai dominar a dinâmica deste jogo.

Para vencer uma partida é preciso atingir o adversário com dois mísseis, que são lançados por um morteiro que se encontra no centro do mapa. A ideia é conquistar os comandos do míssil antes do oponente, de forma a conseguir lançá-lo contra a sua base.

Gears Pop!

Gears Pop! permanece um mistério. A Microsoft, responsável pelo desenvolvimentos dos vários jogos que compõem este universo, optou por não revelar muitos detalhes, uma vez que a aventura móvel só vai chegar às lojas de apps em 2019.

Sabe-se que para além de cruzar o mundo de Gears of War com as figurinhas colecionáveis Pop!, o jogo promete um novo estilo de jogo, bem distinto daquilo a que estamos habituados a ver na Xbox.

O trailer de apresentação mostra um pouco daquilo que poderá esperar no domínio estético.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.