A Airbus e o Centro Aeroespacial Alemão conceberam o dispositivo médico CIMON (Crew Interactive Mobile CompanioN), um sistema inteligente, móvel e interativo que servirá os astronautas na Estação Espacial Internacional. O robot, que pesa cerca de cinco quilos, está equipado com o sistema de inteligência artificial Watson, concebido pela IBM. Através de machine learning, consegue compreender a linguagem humana, através de um raciocínio automatizado, sendo capaz de comunicar com a tripulação humana.

O CIMON vai ser lançado a partir de Cabo Canaveral, na Flórida, a bordo do Falcon 9 da SpaceX rumo à Estação Espacial Internacional, e passará a ser membro da missão Horizons, a decorrer até outubro. O lançamento do foguetão está marcado para as 10h40 (hora de Portugal Continental) e é transmitido em direto, através do site da NASA.

O assistente foi desenhado para mostrar no ecrã instruções de reparações, acionadas apenas com comandos de voz, e desta forma libertar as mãos dos astronautas para as tarefas. Poderá ainda listar procedimentos para experimentações, para além de uma vasta base de dados para tudo aquilo que for necessário na estação espacial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.