A polémica em redor do Stop online Piracy Act, ou SOPA como é conhecido, continua, a par do crescendo de reações negativas por parte daqueles que querem que a Internet permaneça como um "espaço livre".

Muito resumidamente, se for aprovada a lei permitirá suspender sites (alojados nos Estados Unidos ou no estrangeiro) que possam "estar envolvidos ou que permitam ou facilitem" a violação dos direitos de autor, sem ordem judicial, o que traz várias implicações.

As audiências dos proponentes e opositores do projeto lei perante o Congresso norte-
americano começaram a 16 de novembro último, numa data que a comunidade Internet decidiu assinalar como o "Dia da Censura", por toda a "carga negativa" que atribuem à legislação.

Só nesse dia terão sido enviados mais de um milhão de emails, acima de 3.000 cartas e realizadas perto de 88.000 chamadas de protesto através do Tumblr para o Congresso. A campanha contou ainda com o apoio de mais de 6.000 sites, alguns deles "nomes sonantes" da indústria Internet.

AOL, Twitter, Google, LinkedIn, Zynga e Facebook, entre outros, anotaram o seu desagrado numa carta. O mesmo fizeram associações como a European Digital Rights, a Free Software Foundation, a Quadrature du Net, o Open Rights Group e os Repórteres sem Fronteiras.

Entre as várias reações está igualmente uma petição que pede à Administração Obama que intervenha e uma carta aberta "Save the Internet", dirigida aos congressistas para que não aprovem a lei, já subscrita por mais de 300.000 internautas de todo o mundo.

O site que aloja a campanha lançada para o dia 16 de novembro continua a recolher apoios, apresentando paralelamente informação sobre o documento, com o objetivo de alertar para os perigos que a legislação representa para a Internet, caso seja aprovada.

Entre eles está um vídeo que explica os argumentos de quem a classifica como "uma verdadeira ameaça à privacidade e à liberdade de expressão", que reproduzimos a seguir.

">PROTECT IP Act Breaks The Internet from Fight for the Future on Vimeo.

Nota de redação: Foi corrigida uma gralha

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.