À prova de água (durante um período máximo de 30 minutos e até 1,5 metros de profundidade), o dispositivo está equipado com um processador Snapdragon de quatro núcleos a 2,2 GHz e um ecrã de cinco polegadas com alta definição. Tem uma memória interna de 16GB e suporte para 4G e NFC.



A câmara é de 20.7 megapixéis com um sensor CMOS ½.3, ângulo de 27 milímetros e abertura de brilho de f2.0. O sistema operativo Android na versão 4.2.2 mas já com atualização prevista para a versão 4.3.



O Z1 será lançado com duas lentes (QX10 e QX100) que também podem funcionar noutros equipamentos com sistema operativo Android ou iOS e que permitem fazer fotografia ou vídeo com uma resolução de 1440x1080 em MP4.




As lentes podem ser acopladas ao equipamento, transformando-o numa verdadeira câmara digital. Também podem funcionar separadamente do smartphone, ligando-se ao dispositivo através de Wi-Fi ou NFC, como mostra o vídeo criado pela marca para demonstrar a utilização desta nova categoria de produto.



A lente QX100 integra um zoom de 3,6 vezes com uma abertura de f1.8 e uma resolução de 20,2 megapixéis. Custa 449 euros.
A QX10 vai custar 199 euros e tem um zoom ótico de 10 vezes com uma resolução de 18,2 megapixéis.



Voltando ao Z1, a Sony destaca a inclusão no dispositivo de um conjunto de novas funcionalidades orientadas para tirar partido das capacidades de imagem do modelo e do apetite dos utilizadores pela partilha de informação multimédia nas redes sociais. A fabricante outras particularidades, como o facto de o novo modelo conseguir capturar 60 imagens a cada dois segundos.

A Sony apresentou outras novidades na feira alemã de eletrónica de consumo, a que o TeK dará nota nos próximos dias.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.