Poucas horas depois de ter anunciado que o sistema de condução autónoma criado para os automóveis Tesla vai chegar a todos os modelos, mesmo à gama mais acessível Model 3, Elon Musk publicou um vídeo onde mostra em que ponto estão as capacidades da plataforma.

É certo que a tecnologia ainda não está finalizada, e logo também ainda não está aprovada pelas entidades reguladoras, neste caso, norte-americanas, mas o desempenho conseguido pelos desenvolvimentos feitos até agora não deixam de ser impressionantes de ver.

Em quatro minutos de vídeo mostra-se um Tesla a sair da garagem, a cruzar a cidade e a encontrar um lugar para estacionar, tudo sem qualquer intervenção humana.

No seu perfil do Twitter, Elon Musk sublinhou que o carro é tão “esperto” que ignora um lugar prioritário, percebendo que não é permitido estacionar. Destaca e especifica também a função Summon, aquela ao género “KITT, vem-me buscar”...

Recorde-se que para a “prestação” contribuem, em termos de hardware, oito câmaras com visibilidade a 360 graus e alcance de até 250 metros que “rodeiam” os carros, “completadas” por 12 sensores ultrassónicos atualizados capazes de detetar aquilo que a Tesla denomina de “hard and soft objects” com quase o dobro de alcance da distância conseguida pelo sistema de câmaras.

Já um radar frontal com elevada capacidade de processamento promete fornecer dados adicionais sobre as condições de condução num “comprimento de onda redundante”, vendo através da chuva forte, nevoeiro, poeiras e até do carro da frente. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.