Depois de vários falhanços, a empresa liderada por Elon Musk foi apanhando o jeito. Em 14 tentativas conseguiu aterrar oito vezes os seus foguetões espaciais reutilizáveis. Recentemente anunciou que iria acelerar o ritmo de lançamentos para um novo foguetão a cada duas ou três semanas. A SpaceX, tal como a Blue Origin, do fundador da Amazon Jeff Bezos, foi das primeiras empresas a desenvolver foguetões reutilizáveis, o que irá reduzir (e muito) os custos de uma viagem espacial.

Durante o último domingo, dia 19 de fevereiro, a empresa tentou novamente lançar e aterrar um Falcon 9 e a operação correu sem problemas. O Falcon 9 aterrou no Cabo Canaveral, sendo esta a terceira vez que aterra em terra firme, em condições de poder ser novamente utilizado.

O foguetão da SpaceX ia carregado com a cápsula de carga Dragon que, a pedido da NASA, transportou material para experiências científicas e mantimentos para os astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla, em inglês). A Dragon deverá chegar à ISS nos próximos dois dias.

De salientar, também, que a SpaceX teve oportunidade de lançar o seu Falcon 9 do Complexo de Lançamento 39A da NASA. Este é um local histórico da agência espacial norte-americana, tendo sido lançadas várias missões Apollo e o primeiro e último voos do programa Space Shuttle.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.