A Volvo é definitivamente uma marca de automóveis virada para a tecnologia. Além de estar a preparar uma frota de carros inteligentes que vão ‘invadir’ Gotemburgo, além de ter carros trasnformáveis e além usar a realidade virtual para promover os seus veículos, agora a empresa sueca quer apostar na realidade aumentada.

O parceiro escolhido é a Microsoft e os seus óculos Hololens. Na prática a Volvo acredita que o dispositivo pode ajudar a vender mais carros, pois dá ao consumidor uma visão única sobre o veículo e sobre as suas funcionalidades. Mais: permite que o utilizador personalize o carro consoante os seus gostos e necessidades.

Mas não é só no retalho que os óculos podem fazer a diferença. A Volvo e a Microsoft acreditam que os Hololens também podem ajudar durante o processo de fabrico dos veículos.

Ao mesmo tempo que um funcionário vai montando determinadas partes do carro, pode ir vendo informações digitais sobre o seu próprio processo de montagem ou de outras informações relacionadas com a fábrica.

A Microsoft tem-se esforçado para mostrar as potencialidades do Hololens em vários cenários: na última conferência mostrou um jogo imersivo, o Project Ray; e também tem uma parceria com a NASA para que os investigadores possam perceber melhor a superfície de Marte.

Os Microsoft Hololens ficam disponíveis no primeiro trimestre do próximo ano para programadores. O preço dos óculos é de 3.000 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.