A HP é a fabricante que mais computadores vendeu em Portugal no segundo trimestre deste ano, período em que foram comercializados 272 mil equipamentos no mercado nacional. O volume de vendas no segmento de desktops aumentou 8,8 por cento, enquanto nos portáteis somou um acréscimo de 103 por cento.



Pelas contas da Gartner, a empresa comercializou 89,154 mil equipamentos entre Abril e Junho, obtendo uma quota de mercado de 32,8 por cento. O segundo posto da tabela foi assegurado pela Toshiba, que tem visto as suas vendas serem potenciadas pela iniciativa e-Escolas.



No trimestre em análise, a fabricante japonesa alcançou vendas na ordem das 58 mil unidades e chegou a uma quota de mercado de 21,3 por cento, deixando para trás a Acer, cuja participação no mercado português não foi além dos 9,3 por cento.



Por fim, a Asus e a Dell ocuparam o quarto e quinto lugar, respectivamente, com vendas a oscilar entre os 23,22 e os 15,74 mil computadores.



A Gartner conclui que o volume de vendas observado em Portugal afasta a ideia de crise no sector informático, pelo menos a nível nacional, já que a média de vendas no país foi três vezes superior à registada no continente, revelam os números a que o Diário Económico teve acesso.



Notícias Relacionadas:

2008-07-17 - Mercado mundial de PCs desafia mau momento económico ao vender 71,9 milhões no 2º trimestre

2008-06-24 - Número de computadores em utilização supera os mil milhões

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.