Desde que arrancou o programa e-escola, em Junho do ano passado, já foram entregues 350 mil portáteis. Os números são do Ministério das Obras Públicas Transportes e Comunicações que revela em comunicado a forma como foram distribuídos os portáteis entregues: 70 mil foram entregues a professores, 140 mil a estudantes e 140 mil a formandos do Programa Novas Oportunidades.




O comunicado reage também à notícia veiculada ontem pela imprensa, que dava conta da existência de 135 reclamações recebidas na Deco, resultado dos atrasos na entrega dos portáteis adquiridos por esta via.




O Governo admite que "foram registadas algumas reclamações, por motivos diversos, junto de organizações de defesa do consumidor", mas sublinha que representam uma taxa pouco significativa face ao número total de equipamentos, cerca de 0,5 por mil.




Na nota de imprensa o MOPTC garante ainda que, como atestou um inquérito da Anacom, os níveis de satisfação com o programa e-escola é elevado e que o ritmo de entrega dos equipamentos se mantém, incluindo para os beneficiários do regime de acção social.




Já no que se refere às reclamações, acrescenta-se que estas têm sido atendidas e em alguns casos "permitiram mesmo operar melhoramentos, num programa que envolve várias entidades".

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.