A “The Mad Box” será “a consola mais poderosa que jamais foi construída”. São palavras do CEO da Slightly Mad Studios, Ian Bell. O estúdio é conhecido pelos seus simuladores de condução realísticos, como a série Project Cars, mas quer agora abraçar a construção de uma consola de jogos.

Através de uma mensagem na conta oficial do Twitter do estúdio, Ian Bell promete imagens 4K, VR a 60 FPS e um motor completo e gratuito para desenvolver jogos para o sistema. O líder do estúdio revelou à Variety que o sistema VR será na verdade a 120 FPS, sendo 60 FPS debitado a cada olho.

Segundo é referido, a entrada da empresa na “guerra” das consolas está marcada para o comboio da próxima geração, com a Mad Box a estar pronta daqui a três anos, mas terá as especificações de um PC muito rápido lançado dentro de dois anos.

Ainda que não tenha entrado em especificações técnicas ou detalhes sobre o motor gratuito que será disponibilizado aos estúdios, sabe-se que este permite aos produtores criarem jogos que funcionam tanto na Mad Box, como noutras plataformas. O CEO da empresa refere mesmo que não é a favor dos jogos exclusivos por plataforma, mas deseja a compatibilidade “cross-platform” com as “rivais”. A consola ainda está no início de conceção, e em conversas preliminares com os fornecedores de componentes.

É ainda referido que o seu principal trunfo será o seu preço competitivo. Obviamente que as três principais fabricantes de consolas não vão dar tréguas, mas a competição é sempre bem-vinda. Resta saber se o estúdio está mesmo comprometido com o projeto, ou se está apenas a “agitar as águas” à procura de feedback da indústria. Será necessário esperar entre quatro a seis semanas para a revelação das imagens de design iniciais da The Mad Box.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.