O novo sistema de encriptação da Google chama-se Adiantum e foi concebido para encriptar o armazenamento de dispositivos Android mais baratos. O objetivo é manter os dados e documentos dos utilizadores em segurança e privacidade sem que haja impacto na performance do equipamento.

O Adiantum foi desenhado para os equipamentos que suportem Android, mas que não têm os requisitos mínimos para o sistema de encriptação atualmente disponível, tais como smartwatches, telemóveis Android Go, televisores ou mesmo aparatos médicos conectados.

No comunicado da Google, a tecnológica pretende que o Adiantum democratize a encriptação em todos os dispositivos. “Tal como as pessoas não compram um telefone sem sistema de envio de mensagens, não haverá desculpa para comprometer a segurança em prol da performance do dispositivo. Todos deviam ter privacidade e segurança, independente da etiqueta do preço do smartphone”, refere a empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.