Como prometido, a Adobe disponibilizou correcções para falhas críticas que afectavam o Reader e o Acrobat. Ao todo foram lançadas pela empresa 17 correcções, que juntamente com as actualizações lançadas no passado dia 10 de Junho, anteciparam o lançamento trimestre habitual de correcções ou actualizações aos vários produtos da marca. A gravidade das falhas determinou o avanço de calendário.



Entre as falhas agora corrigidas, duas são especialmente graves e há já algum tempo que vinham sendo exploradas, tornando real o risco de controlo remoto das máquinas vulneráveis afectadas, num dos casos, e abrindo espaço para ataques que tirem partido de engenharia social ou ficheiros PDF, noutro.



As correcções agora disponibilizadas dirigem-se ao Adobe Reader para Windows, Mac e Unix na versão 9.3.2 e para Windows e Mac na versão 8.2.2. No Acrobat, as versões 8.2.2 e 9.3.2 recebem ambas correcções nas variantes para Windows e Mac.



No início de Junho a fabricante já tinha corrigido os mesmos problemas no Flash Player.



O próximo pacotes de actualizações, que na Adobe tem uma periodicidade trimestral, fica agora agendado para 12 de Outubro.



Nota de redacção: Corrigida uma gralha no nome da empresa que detém os produtos Adobe Reader e Adobe Acrobat, a Adobe e não Apple como por engano foi referido.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.